Selecione a página

Categoria: Pátria

Raízes de Cortiça – Episódio 18 – Viva o 1.º de Dezembro!

Todas as traições, enganos e mentiras acompanharam Miguel Vasconcelos na sua queda fatal. Fica claro que o tempo respeita as leis da criação, marginalizando as tendências e os tornados do actual: os traidores são o alimento do chão. Hoje em dia, parece-me que seria D. João IV a ser atirado para a morte e Miguel Vasconcelos a ocupar o trono mas sei que, tarde ou cedo, gritaremos conforme os nossos antepassados de 1640: PORTUGAL É NOSSO!

Ler Mais

Raízes de Cortiça – Episódio 17 – Os Pitos de Santa Luzia

Trás-os-Montes, além dos finos recortes montanhosos enamorados do Douro, dos pratos de bom sabor a terra e do povo de contagiante devoção, orgulho e labor, é fértil nos campos da tradição. Onde há tradição, há raízes. Hoje partilhamos com os estimados leitores os Pitos de Santa Luzia. Calma! A nossa intenção permanece leal à voz do castiço e não à voz de rafeiras brejeirices, apesar do nome sugerir curiosos (ainda que indignos) pensamentos.

Ler Mais

Para lá do 25

Nação dócil e crédula que somos, dada à novela, à simplificação e à infantilização, persistimos quase cinquenta anos depois dos acontecimentos de 1974 na repetição acrítica de mitos, presos a uma obsessão auto-vitimizadora e aterrorizados – aterrorizados num temor que é incompatível com a nossa natureza de povo livre – perante qualquer proposta racional de análise e re-interpretação do 25 de Abril e das suas consequências de longo prazo. Estes apontamentos pretendem ser exactamente o exercício de crítica serena de que o país continua a precisar, tremenda e urgentemente, sob pena de jamais vir a exorcizar os fantasmas que o prendem a um passado mitificado e lhe vedam a estrada do futuro.

Ler Mais

Raízes de Cortiça – Desabafo de um Patriota

Cada casa tem os seus problemas. Alguns de desordem, outros de cantos poeirentos, outros de
ausência estética. Portugal terá, certamente, falhas por corrigir, mas é exactamente essa a missão do
patriota: lutar por si e pelos seus, pelo eu e pelo nós, pelo indivíduo e pela comunidade…

Ler Mais
Carregando