Selecione a página

Author: António Abreu

Costa Promete ainda Mais Imigração, Metade de Odemira Concorda e Aprova

Já não é novidade para ninguém a nova cara de São Teutónio, Odemira, e mesmo do Litoral Alentejano. A construção de novas estufas, a recusa dos patrões em subir os salários de forma a que os Portugueses trabalhassem neste tipo de empregos, como sempre trabalharam, especialmente no Alentejo, levou a uma falta de procura por parte de cidadãos nacionais em relação a estas vagas. Para fazer face a este problema, em vez de aumentarem os salários, os patrões destas empresas agrícolas recorreram, portanto, a imigração artificial em massa de mão-de-obra barata, de forma a preencher o vazio que eles próprios criaram, e o resultado está à vista.

Ler Mais